DestaqueSaúde, criativos e inovadores

ISEG Executive Education – Ensino de Excelência

Tempo de leitura: 4 minutos

A maior e a melhor universidade portuguesa, o ISEG Executive Education, assegura a formação executiva de MBAs, Pós-graduações, Programas Executivos de Curta-Duração e Soluções Customizadas de Formação, para Portugal e mercado Internacional. A Direção do ISEG Executive Education descreve o impacto e importância da sua oferta formativa e o impacto que tem no setor da saúde em Portugal.

Segundo os rankings internacionais, o ISEG Executive Education que é a Instituição de formação executiva do ISEG, Escola de Gestão e Economia da Universidade de Lisboa, é a maior e a melhor universidade portuguesa. Enquadre o ISEG Executive Education no panorama educacional português.
O ISEG Executive Education é a instituição de formação avançada do ISEG, assegurando a oferta de ISEG MBA, Pós-graduações, Programas Executivos de Curta-Duração e Soluções Customizadas de Formação, para Portugal e mercado Internacional.
O ISEG MBA, que este ano, em plena pandemia e na sua 37.ª edição, depois de mais de mil profissionais formados, reestruturou-se, oferecendo uma experiência de formação orientada para os líderes do futuro, com cinco streams estratégicas (1 – Global Futures; 2 – Entrepreneurship & Innovation; 3 – Digital Disruption; 4 – Design & Agility; 5 – Sustainability & Governance), além das áreas core do MBA. Contando com valiosas parcerias, como o World Economic Forum, Instituto Superior Técnico e Universidade de San Francisco, para uma viagem a Silicon Valley.
As pós-graduações, onde o ISEG Executive Education é uma referência e mesmo em ano de pandemia conseguiu crescer, com metodologias práticas e próximas do mercado, para profissionais que pretendam uma formação estruturante para alavancagem ou mudança de carreira. A oferta é superior a 20 Pós-graduações, nas seguintes áreas: Gestão, Estratégia e Inovação; Finanças e Controlo de Gestão; Digital e Tecnologia; Marketing; Liderança e Gestão do Talento; Sustentabilidade; Gestão de Projetos e Operações; Economia e Gestão da Saúde; Setoriais, onde estão as pós-graduação do setor agroalimentar e do imobiliário.
Os Programas Executivos de Curta-Duração, que são uma forte aposta da nossa instituição, contando com diversos parceiros valiosos do setor empresarial e programas que respondem às necessidades de lifelong learning dos executivos, com o state of the art.
As Soluções Customizadas de Formação, para Portugal e mercado Internacional, onde co-criamos as soluções de formação adequadas às necessidades especificas das empresas e organizações. Os resultados têm sido extremamente positivos, com empresas como a Fidelidade, a Fujitsu e a Companhia Santomense de Telecomunicações.

Celebraram várias parcerias, na área da saúde, ao longo deste ano. Relate os resultados destas e os objetivos dos novos protocolos que irão celebrar com duas instituições de referência nacional.
O setor da saúde é um dos pilares do país e a necessidade de investimento em infraestruturas, equipamentos e desenvolvimento dos recursos humanos é central para Portugal, principalmente neste momento de crise sanitária e também no futuro. Sendo o ISEG Executive Education uma referência na área da gestão e um apoio aos profissionais, empresas e organizações no desenvolvimento da economia nacional, a aposta em parcerias valiosas na área da saúde surgiu de forma natural, como resposta ao que o próprio mercado solicita. A Faculdade de Medicina e a Faculdade de Farmácia, pertencendo à Universidade de Lisboa, complementaram de forma perfeita a nossa oferta, assegurando o equilíbrio no programa da Pós-graduação em Avaliação Económica das Tecnologias e Intervenções em Saúde, com a vertente da economia e gestão suportada nos conhecimentos técnicos diretamente relacionados com a saúde. Além destas parcerias, as Ordens são para nós fundamentais, contando com a atribuição de créditos pela Ordem dos Farmacêuticos na Pós-graduação em Pharmaceutical Marketing & Business Development e a lecionação da Bastonária na Pós-graduação em Avaliação Económicas das Tecnologias e Intervenções em Saúde, assim como o Presidente da Associação Portuguesa de Administradores Hospitalares (APAH). Estamos em processo de conversação com a Ordem dos Médicos, para reconhecimento da Pós-graduação em Gestão de Instituições de Saúde, que tendo data de início para 2021, como as anteriores aliás, apresenta uma procura substancial pelos profissionais da área. Durante este ano, estabelecemos uma parceria com a Associação Portuguesa de Jovens Farmacêuticos (APJF), no âmbito da nossa Pós-graduação em Pharmaceutical Marketing & Business Development, que contempla também webinars customizados para os jovens farmacêuticos.

Explane a importância das pós-graduações, na área de Economia e Gestão da Saúde, o perfil dos candidatos e o impacto que estes cursos têm gerado no setor da saúde.
A Pós-graduação em Avaliação Económica das Tecnologias e Intervenções em Saúde e a Pós-graduação em Gestão de Instituições de Saúde têm arranque marcado para janeiro de 2021 e a procura verificada até ao momento, bem como os perfis, oriundos de cargos como market acess, area sales manager, investigadores e assistentes hospitalares, de empresas como a Merck e hospitais de destaque em Portugal, confirmam a qualidade da oferta. No que se refere à Pós-graduação em Pharmaceutical Marketing & Business Development, que teve início no passado mês de setembro e terá nova edição em setembro de 2021, a procura bateu todos os recordes e inclusive já temos pessoas inscritas para a próxima edição.
Em relação ao impacto no sector, de forma individual, a rede de Alumni tem-nos feito chegar o feedback da sua progressão de carreira, naturalmente melhor preparados e com novas ferramentas para o desempenho dessas funções, o que levará a um setor muito mais capaz de inovar e obter bons resultados na sua gestão, potenciando melhores condições para o país.

Descreva a sua visão, para o ano de 2021, da evolução da área da saúde em Portugal.
Para todos, o ano de 2021 está ainda envolto em dúvidas. A situação sanitária e a chegada de uma vacina deixam em stand-by análises mais aprofundadas e concretas. No entanto, penso ser seguro afirmar que será um ano de transformação em todos os setores, pelos novos hábitos que chegaram, com o digital a assumir papel de destaque, e a Saúde não será exceção. Cada vez mais, além das óbvias valências médicas, a capacidade de gerir processos, tomadas de decisão e encontrar soluções disruptivas será fundamental. Pelo que a nossa aposta na área da saúde, com valiosos parceiros, assegura uma solução estruturante para profissionais do setor, ou que pretendam vir a ser, adquirirem as ferramentas cruciais para um superior desempenho na gestão.